O que é: XML (eXtensible Markup Language)

Índice

O que é XML (eXtensible Markup Language)

O XML (eXtensible Markup Language) é uma linguagem de marcação que permite a criação de documentos com estrutura hierárquica. Ela foi desenvolvida na década de 90 pelo World Wide Web Consortium (W3C) com o objetivo de facilitar a troca de informações entre sistemas heterogêneos.

Características do XML

O XML possui algumas características que o tornam uma ferramenta poderosa para a criação de documentos estruturados:

1. Extensibilidade

O XML é uma linguagem extensível, o que significa que é possível criar tags personalizadas de acordo com as necessidades do documento. Isso permite a representação de qualquer tipo de informação de forma estruturada.

2. Legibilidade

Os documentos XML são legíveis tanto por humanos quanto por máquinas. As tags são escritas em texto simples e podem ser facilmente compreendidas por qualquer pessoa que esteja familiarizada com a sintaxe da linguagem.

3. Independência de plataforma

O XML é independente de plataforma, o que significa que pode ser utilizado em diferentes sistemas operacionais e arquiteturas. Isso facilita a troca de informações entre sistemas heterogêneos, tornando o XML uma escolha popular para a integração de sistemas.

4. Separar conteúdo de formatação

O XML permite separar o conteúdo do documento da sua formatação. Isso significa que é possível criar um documento XML com a estrutura dos dados e aplicar diferentes estilos de formatação a ele, dependendo da necessidade.

5. Suporte a metadados

O XML suporta a inclusão de metadados nos documentos. Os metadados são informações sobre os dados contidos no documento, como autor, data de criação, versão, entre outros. Essas informações podem ser úteis para a organização e busca de documentos.

Utilização do XML

O XML é amplamente utilizado em diversas áreas, como:

1. Integração de sistemas

O XML é frequentemente utilizado para a integração de sistemas, permitindo a troca de informações entre diferentes aplicações. Ele fornece uma estrutura padronizada para a representação de dados, facilitando a comunicação entre sistemas heterogêneos.

2. Web Services

Os Web Services são serviços disponibilizados na web que permitem a comunicação entre diferentes aplicações. O XML é utilizado como formato de troca de informações entre os serviços, garantindo a interoperabilidade entre sistemas.

3. Armazenamento de dados

O XML também pode ser utilizado como formato de armazenamento de dados. Ele permite a representação de informações de forma estruturada, facilitando a organização e recuperação dos dados.

4. Publicação de conteúdo

O XML é utilizado na publicação de conteúdo em diversos formatos, como HTML, PDF e EPUB. Ele permite a separação do conteúdo da formatação, facilitando a adaptação do conteúdo para diferentes mídias.

Considerações finais

O XML é uma linguagem de marcação poderosa e versátil, que permite a criação de documentos estruturados e a troca de informações entre sistemas heterogêneos. Sua extensibilidade, legibilidade, independência de plataforma, separação de conteúdo de formatação e suporte a metadados são características que o tornam uma escolha popular em diversas áreas. Se você precisa criar documentos estruturados ou integrar sistemas, o XML pode ser a solução ideal.

Compartilhe:

Este site utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.